CIMRC

Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra

Rua do Brasil, N.º 131
3030-175 Coimbra

Tel:   +351 239 795 200
Fax:   +351 239 795 209
@:   geral@cim-regiaodecoimbra.pt

Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background

História

Concelho de Figueira da Foz

1080
Estabelece-se em S. Julião o Abade Pedro, (enviado pelo Conde Sesnando) com o objectivo de restaurar as terras devastadas durante a Reconquista.

1096
O Abade Pedro manda construir casas junto à Igreja de S. Julião da Foz do Mondego.

1143
D. Afonso Henriques concede privilégios ao Mosteiro de Santa Cruz de Coimbra. Entre eles metade da terra de Redondo, Lavos e Quiaios.

1191
D. Sancho I doa à Igreja de Santa Maria de Coimbra, a Vila de Tavarede.

1237
Concessão dos lugares da Figueira e Tamargueira, a Domingos Ioanes, Martinho Miguel e Martinho Gonçalves, pelo cabido da Sé de Coimbra.

1339
D. Afonso IV compra uma das casas na Figueira da Foz de Buarcos, que tinham sido levadas à penhora.

1342
Doação de Foral a Buarcos, por D Afonso IV.

1390
O Papa Bonifácio IX envia Bulla para o Reino, confirmando as Igrejas da Figueira e Espinho.

1450
É concedida Carta de Perdão aos pescadores de Buarcos por terem ido à batalha de Alfarrobeira apoiar o Infante D. Henrique.

1456
Partem caravelas de Buarcos a caminho de Ceuta.

1466
D. João II recebe de seu pai a terra de Buarcos.

1516
Concessão de Foral a Buarcos por D. Manuel I.

1522
A costa figueirense e buarquense são assoladas por piratas. São saqueadas casas, pessoas e bens de Igreja.

1565
O pintor Diogo Botelho chega a Tavarede, para pintar o Retábulo da Igreja de São Martinho.

1585
Nasce a ideia da construção do Forte de Santa Catarina para defesa da barra de Buarcos (Figueira da Foz)

1602
A Figueira da Foz e Buarcos são assoladas por piratas. A povoação é saqueada, as igrejas são profanadas e o forte de Santa Catarina é ocupado.

1640
A aclamação pública de D. João IV de Portugal é feita nas ruas da Figueira da Foz, Buarcos e Tavarede.

1701
É iniciada a construção de uma nova Igreja Matriz da Figueira da Foz.

1755
O terramoto assola a região. A Igreja Matriz de Buarcos é destruída.

1771
A Figueira da Foz é elevada à categoria de Vila.
As Invasões Francesas

1807
(Dezembro) O Forte de Santa Catarina encontra-se ocupado por uma guarnição pertencente ao exército de Junot.

1808
(15 de Março) As tropas invasoras comandadas por Junot dominam toda a região entre Coimbra e Figueira da Foz. 
(A 27 de Junho) É tomado o Forte de Santa Catarina aos franceses pelo grupo de voluntários liderados pelo académico Bernardo António Zagalo. 
(Entre 1 e 3 de Agosto) Desembarque do exército de Wellesley, futuro duque de Wellington.

1810
Uma epidemia assola a região da Figueira, originada pela grande aglomeração de famílias fugidas do exército francês.

1822
Morre Manuel Fernandes Tomás

1882
Elevação da Figueira da Foz a cidade. 

FONTE- FIGUEIRA DA FOZ. Biblioteca Municipal Pedro Fernandes Tomás - Elementos subsidiários para o estudo do concelho da Figueira da Foz : história local (1080-1822). Figueira da Foz : Câmara Municipal da Figueira da Foz, 1989.

Fonte: www.figueiradigital.com

Câmara Municipal da Figueira da Foz

Av. Saraiva de Carvalho
3084 - 501 Figueira da Foz
 
T +351 233 403 300
F +351 233 403 310