Lançamento do projeto “10 mil vidas” na Lousã

PROJETO 1000 VIDAS (20)

O projeto “10 mil vidas”, da Associação Nacional de Cuidado e Saúde (ANCS), pretende apoiar 10 mil idosos em Portugal, numa primeira fase, através de um novo modelo de teleassistência.

O novo modelo de apoio aos idosos envolve a tecnologia mais avançada em teleassistência e telessaúde, num serviço de acompanhamento 24 horas e personalizado.

O serviço permite, por exemplo, para cada idoso, programar alarmes, controlar indicadores de saúde como a tensão arterial e a glicémia e agir em caso de anomalia, ou saber a sua exata localização.

A ANCS já assinou protocolos para o desenvolvimento de projetos-piloto nos municípios de Lousã e Fundão, que deverão ter início em março, abrangendo 50 idosos durante um ano.

O projeto “10 mil vidas” é para ser gerido pelos municípios em cada concelho, através de um modelo partilhado que envolve também as instituições que já integram as redes sociais municipais.

O Secretário Executivo da CIM Região de Coimbra, Dr. Jorge Brito, participou na sessão de apresentação do novo modelo de teleassistência, realizada na Lousã.