Conselho Intermunicipal aprova PAMUS

reun cim rc pamus 016

O Conselho Intermunicipal da Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra aprovou por unanimidade na passada sexta-feira o Plano de Ação de Mobilidade Urbana Sustentável (PAMUS), ao nível de NUTS III Região de Coimbra (19 municípios).

O plano prevê a implementação de uma estratégia de baixo teor de carbono para o território da CIM-RC, nomeadamente nas zonas urbanas, incluindo a promoção da mobilidade urbana multimodal sustentável e medidas de adaptação relevantes.

A Região é caracterizada por uma diversidade de densidades e perfis populacionais e produtivos que impelem à criação de condições de acessibilidade, mobilidade, de compatibilização dos vários modos de ocupação e uso do território.

Apoiado pelo Programa Operacional Regional do Centro 2020, o PAMUS valoriza os “modos suaves” – a bicicleta, por exemplo -, apostando na sustentabilidade do sistema de transporte, vertida em políticas de transferência modal a partir do transporte individual, mas também enquanto complemento ao transporte público.

O PAMUS terá quatro fases e sua implementação será monitorizada num processo que envolve a comunidade e os agentes mais relevantes de uma forma participada e interventora.

Assim, na próxima sexta-feira, dia 19, às 10H00, nas instalações da CIM Região de Coimbra, na Rua do Brasil, n.o 131, em Coimbra, será realizada a apresentação pública do Plano de Ação de Mobilidade Urbana Sustentável da Região de Coimbra.

As metas do PAMUS, recorde-se, estão balizadas pelo reforço da eficiência do transporte de pessoas e bens, reconversão para modos de transporte mais limpos e eficientes, garantia de um sistema de transportes e acessibilidade inclusivo, redução dos impactos negativos do sistema de transporte ao nível da saúde e segurança, diminuição da poluição atmosférica, sonora e das emissões de gases com efeito de estufa, assim como do consumo energético.