Assembleia Intermunicipal aprova Relatório de Gestão e Prestação de Contas da CIM RC do ano 2014

AI 24ABR015
Assembleia Intermunicipal aprova Relatório de Gestão e Prestação de Contas da CIM RC do ano 2014

A Assembleia Intermunicipal da CIM Região de Coimbra aprovou por maioria, com quatro abstenções, o Relatório de Gestão e Prestação de Contas desta Comunidade Intermunicipal, relativo ao ano de 2014.

A 14 de abril, o Conselho Intermunicipal tinha apreciado favoravelmente, por unanimidade, os mesmos documentos de gestão e, nos termos da Lei, deliberado enviá-los à apreciação e votação da Assembleia Intermunicipal.

Moção sobre Sistema de Mobilidade do Mondego

Na mesma reunião foi aprovada por maioria, com 9 abstenções, a Moção apresentada pelo deputado Amândio Torres, presidente da Assembleia Municipal da Lousã, que reconhece que a conclusão do sistema de Mobilidade do Mondego é uma reivindicação justa das populações que, desde 2009, deixaram de ter um serviço público.

Foi mandatado o Presidente da CIM RC, João Ataíde para a marcação de uma reunião urgente com o Ministro da Economia e Transportes e Comunicações. Na referida reunião, o Presidente da CIM RC deverá estar acompanhado pelos Presidentes das Câmaras de Coimbra, Lousã e Miranda do Corvo.

A moção incumbe ainda o Presidente da CIM RC de endereçar a todos os Grupos Parlamentares da Assembleia da República o documento aprovado na passada sexta-feira e de solicitar o agendamento de uma reunião com a Comissão de Economia e Obras Públicas sobre a conclusão do Metro Mondego. 

Moção sobre Estrada Municipal EM 568

Por proposta da Deputada da CDU Celeste Cardoso foi aprovada por maioria, com 5 abstenções, a moção relativa à Estrada Municipal 568 que se encontra cortada há dois anos, com claro prejuízo para as populações do Senhor da Serra, Vale de Açor, Rio de Vide, Semide e Vendas de Ceira, na sequência das obras de construção da A13.

Além do repúdio pela situação existente, a Assembleia Intermunicipal solicita ao Presidente da CIM RC que diligencie com caráter de urgência a marcação de uma audiência com o Ministro da Economia, Transportes e Comunicações e com os responsáveis da empresa concessionária para que a ligação seja reposta.