Distinguir ideias inovadoras que possam puxar pela região

A monitorização de cidadãos seniores com recurso a sensores instalados em casa, mas de uma forma não intrusiva e que mantenha a sua privacidade.

 
É esta a base do projecto Nourish Care, ontem distinguido com o primeiro prémio do II Concurso Regional de Empreendedorismo da Comunidade Intermunicipal do Baixo Mondego (CIM-BM), na sessão que teve lugar no auditório do Centro de Estudos e FormaçãoAutárquica (CEFA), em Coimbra.

A ideia de um espaço de co-working que potencia novos empregos e empresas, apresentada por Michael Teixeira, e o projecto de um mega-evento de recriação histórica de Coimbra na Idade Média, com um xadrez humano em destaque, apresentado por Daniel Ramos, mereceram menções honrosas, numa iniciativa aprovada pelo Programa Operacional Regional do Centro e que visa reforçar o potencial empreendedor da região do Baixo Mondego.

O presidente da CIM-BM, Jorge Bento, lembrou que esta é apenas uma das diversas acções que a comunidade tem desenvolvido na área do empreendedorismo. O autarca de Condeixa-a-Nova congratulou-se com a reorganização a nível municipal, «com um esquema de comunicação mais claro e eficiente com os empreendedores» e com a constituição de «uma rede de contactos que permite trabalhar de forma articulada» na região, mobilizando diversos actores locais e criando serviços partilhados que apoiem os empreendedores desde a ideia à criação de empresas.

O Instituto de Apoio às Pequenas e Médias Empresas e à Inovação (IAPMEI), representado por Francisco Pegado, a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento da Região Centro (CCDRC), liderada por Pedro Saraiva, a Fundação CEFA, presidida por Fernando Baptista, e o Instituto Superior de Contabilidade e Administração de Coimbra (ISCAC), na sessão de ontem representado pelo seu vice-presidente Pedro Costa, são alguns dos elos desta rede que, segundo Jorge Bento, é reforçada com outras instituições de ensino, associações locais e empresariais.

«Deixamos uma organização diferente. Demos passos que considero importantes, mas daqui para a frente teremos ainda mais trabalho», referiu Jorge Bento, que em breve se despedirá da CIM-BM.

O projecto Norish, apresentado por António Seiça, está sediado no Instituto Pedro Nunes, estando a ser promovido também em Inglaterra. O prémio que recebe traduz-se num apoio de consultadoria de 80 horas por parte da Sociedade Portuguesa de Inovação.

Os vencedores das menções honrosas ficam sinalizados no âmbito da rede de apoio ao empreendedorismo, adiantou Susana Loureiro, coordenadora do concurso a que se apresentaram 14 projectos do território da CIM-BM.

Nova comunidade intermunicipal deve ficar sedeada no CEFA

Da fusão com alguns dos municípios do Pinhal Interior Norte nascerá uma nova comunidade que os actuais autarcas da CIM-BM esperam ver sedeada no Centro de Estudos e Formação Autárquica (CEFA) de Coimbra. Não só pela centralidade, mas pelas instalações de qualidade, rentabilização de espaço público e possibilidade de novas colaborações com o centro, justificou ontem Jorge Bento.